Biografia

Francisco Cesar Pinheiro Rodrigues

Nascido em Fortaleza (CE), Brasil, mudou-se para o Estado de São Paulo desde os dois anos de idade. É casado, pai de quatro filhos e avô de seis netos.

Formou-se em Direito pela Faculdade Paulista de Direito (PUC). Exerceu a advocacia durante cinco anos, ingressando, em seguida, por concurso, na magistratura estadual paulista até se aposentar no cargo de desembargador. Ainda na ativa, como magistrado, escreveu dois romances, "A Rainha da boate", com o pseudônimo de Fran Cepiro, e "Do amor de outras fraudes". Depois de aposentado escreveu um livro de contos, "Tragédia na ilha grega", seguido do romance "Criônica" — tendo como tema central a criogenia aplicada em seres humanos. Publicou uma coletânea de jurisprudência do Código Civil e divulgou artigos jurídicos em revistas especializadas. No momento da elaboração desta biografia está sendo editado um livro — "Verdades que melindram — Ensaios sobre política internacional e justiça" — que reúne parte dos cerca de 160 artigos já publicados na internet.

Depois de aposentado, vem escrevendo assiduamente, na internet, sobre justiça brasileira e política internacional. Principalmente insistindo na necessidade de sanar injustiças na área internacional, responsáveis pela permanência do terrorismo. Fundamenta suas sugestões e procura convencer as partes mais diretamente envolvidas nos problemas. Para melhor "sentir o clima" jurídico e humano na área internacional, em 2008 passou duas semanas na cidade de Haia, Holanda, onde — graças à apresentação generosa de um ex-juiz da Corte Internacional de Justiça —, teve a oportunidade de entrevistar a então Presidente da referida Corte. Essa entrevista, gravada em DVD, não foi comercializada por deliberação do autor, preocupado com o eventual desvirtuamento de uma finalidade estritamente cultural. Nesse mesmo DVD figuram ainda os depoimentos de três ilustres juristas brasileiros, entre os quais uma juíza que ocupa cadeira no Tribunal Penal Internacional. Esse DVD está disponível, gratuitamente, para estudiosos e interessados. Outra viagem, de finalidade cultural foi a visita que fez, em 2010, a Genebra, Suíça, onde visitou a maior parte dos órgãos internacionais ali sediados.

Entre os variados assuntos abordados pelo Dr. Francisco, um deles se destaca: o insolúvel conflito entre Israel e os palestinos árabes que pretendem formalizar um Estado palestino mas, para isso, dependem da boa-vontade de Israel. E Israel se mostra pouco interessado na fixação de limites territoriais porque isso impossibilitaria o acolhimento de milhares de judeus, vindos de toda parte, que chegam a Israel com a intenção de viver em um Estado próprio, livre das perseguições de triste memória. Como a Palestina é relativamente pequena e dois corpos não podem ocupar um único espaço, é preciso insistir em uma solução inovadora — "impossível" para os mais tímidos — que concilie os dois interesses conflitantes. Daí a insistência do nosso biografado em propor que as Nações Unidas ousem "um passo a frente", alterando sua Carta, forçando seus membros a se submeterem a uma decisão judicial, do mais alto nível, que, após ouvir os argumentos das duas partes, possa fixar fronteiras e corrigir o que pareça merecer correção. Ao ver do Dr. Francisco, é um "atraso" aberrante, ofensivo do senso comum de justiça, permitir que "sócios" de qualquer "clube", por mais específico que seja — no caso a ONU —, recusem-se a serem julgados pelo que fazem dentro do "clube"( o planeta Terra). Principalmente quando nesse julgamento for autorizada a aplicação da equidade, aquela justiça que vai além do que está escrito em tratados, sempre merecedores de alguma desconfiança. O país que não aceitar ser julgado pelos seus atos, que seja expulso da ONU e receba uma série de sanções econômicas e consulares.

Como a seriedade excessiva cansa, nosso biografado escreve também sobre assuntos de interesse apenas humano, inclusive com lances cômicos, porque nem o autor nem o leitor são de ferro.

Livros digitais

World Government and Other Polemic Issues Criônica Coletânea Coletânea
Criônica

Criônica

Trata-se do primeiro romance em língua portuguesa sobre a Criogenia aplicada em seres humanos. Uma obra de ficção que relaciona alguns conhecimentos da área científica.

Comprar

Cryonics

Cryonics

Trata-se do primeiro romance em língua portuguesa sobre a Criogenia aplicada em seres humanos. Uma obra de ficção que relaciona alguns conhecimentos da área científica.

Comprar

Verdades que Melindram

Verdades que Melindram

Os temas deste livro - composto de 80 artigos - são, na maior parte, sobre Política Internacional e Justiça. No mapa contido na capa o leitor mais observador notará que existem pequenas estrelas - uma em vermelho e as restantes em laranja simbolizando o grau de calor político que preocupa a paz mundial.

Comprar

Verdades que Melindram II

Verdades que Melindram II

Se você é curioso, ou curiosa, e gosta de assuntos polêmicos que exigem reflexão e conclusão, este é um livro bem adequado à sua elogiável independência intelectual.

Comprar